Total de visualizações de página

sábado, 12 de novembro de 2016

Família Galvão na Academia de Letras

Academia de Letras de Canguaretama recebe dois representantes da Família Galvão

Francisco Galvão
Francisco Alves Galvão Neto, nasceu na cidade de Canguaretama no dia 02 de julho de 1969, filho de João Alves Galvão e Lúcia Alves de Araújo. É Pedagogo, licenciado em História e Bacharel em Ciências Sociais, especialista na área de Educação e História, também é mestre em Filosofia. Atua como professor na Educação Básica da rede pública e como professor universitário da rede particular. Participou ativamente no jornalismo local através dos jornais “A Voz da Penha”, “A Voz do Agreste”, “O Soveral” e na rádio Manguezal. É casado com Lúcia Galvão e pai de Lucas Dimitri e Breno Vinícius. Escritor com trabalhos na área de História, Etnografia e Literatura, suas principais obras são “Elementos da História, Geografia e Cultura do Município de Canguaretama“ e “A Ressuscitada”. Na Academia de Letras de Canguaretama, ocupa a cadeira número 12, cujo o patrono é o escritor Homero Homem. 
 
João Maria Alves de Castro
João Maria Alves de Castro nasceu em 19 de abril de 1957, em
Canguaretama-RN.  Filho de
Paulírio Martins de Castro e Alzira Alves de Castro.  Fez o curso primário no Grupo Escolar Fabricio Maranhão e o ginasial na Escola Cenecista 16 de julho, na cidade de Canguaretama. Cursou o 2° grau na Escola Técnica Federal do Rio Grande do Norte, em Natal/RN. É sociólogo, formado pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte, com especialização em Meio Ambiente pela FARN. Escreveu dois livros de poemas e foi um dos fundadores dos jornais “A Voz da Penha” e “A Voz do Agreste”. Casado com a Socióloga Maria de Fatima Barbosa Farias de Castro, com quem tem 3 filhos. Trabalha na Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte, onde exerceu vários cargos, entre eles Assessor de Planejamento, Gerente Regional, Chefe de Gabinete de vários presidentes e Diretor Comercial.
 
 

domingo, 15 de novembro de 2015

Sucesso no Encontro dos Galvão do RN em Pedro Velho


Em um encontro marcado pela alegria, os Galvão do Rio grande do Norte se reuniram no município de Pedro Velho, na manhã do dia 15 de novembro. Em sua terceira edição, o encontro reunião parentes de vários lugares do estado, como Canguaretama, Tibau do Sul, Goianinha, Montanhas, São José de Mipibu, Parelhas, Natal e dos anfitriões, Pedro Velho. 
Depois de uma palestra que causou muita curiosidade, os parentes se confraternizaram um fausto almoço e trocaram muitas informações. O evento também marcou o Dia Nacional da Família Galvão, 15 de novembro.
A comunidade de Pedro Velho, mostrou sua força e ofereceu uma participação bem maior que os outros encontros tiveram. Sensibilizados com a participação atual, os organizadores já estão mobilizando forças para planejar o próximo encontro, que pode ser em Arez ou Goianinha.
 













segunda-feira, 9 de novembro de 2015

Programação do 3º Encontro da Família Galvão do RN

PROGRAMAÇÃO OFICIAL

9:00 - Palestra motivacional;
9:30 - Palestra sobre a origem da Família;
10:00 - Informações sobre os Galvão do Brasil e de outros países;
             Informações sobre a Associação dos Galvão da Europa,   
             do Canadá e da América do Sul 
10:30 - Apresentações entre os familiares;
11:00 - Pelada dos Galvão
12:00 - Almoço
12:00 - Apresentações Culturais




Como chegar lá?

O acesso ao município de Pedro Velho se dá pela RN 269, que se liga à BR 101 em Canguaretama. Quem vem de Natal deve entrar a direita, na altura de Canguaretama. Quem vem da Paraíba deve fazer o retorno à esquerda e seguir por mais 10 quilômetros. 




Ao chegar a Pedro Velho, não entrar para o centro e entrar a direita, em direção ao "Balneário do Piquiri". O Olimpus Clube fica aproximadamente a 200 metros da RN 269.
 

A entrada é livre e o almoço custará apenas R$ 12,00. Para quem quiser usar as piscinas, será cobrada uma taxa de R$ 5,00.